Busca

Entretenedor

Blog sobre entretenimento e cultura pop.

Categoria

Arte

Sebastian Onufszak – Hyper World

Feitos por Sebastian Onufszak, designer gráfico e diretor de arte, estes anúnicos para a marca de óculos escuros Ray-ban, criam um intrigante, mundo graficamente hiper-real, onde formas e cores pulam para fora das páginas.

seb2

seb3

seb11

Finalmente um anuncio para óculos que não é uma modelo de óculos posando para uma foto. E melhor o óculos nem aparece.

Obama In The House

Este blog, andava meio parado, com o fim da viagem, voltarei a todo vapor.

Esquanto isso…

Obama tomou posse 

e a criatividade continua

atgaaadladrwlxzf5nwawnyeewkz-en2zpex0l58fbmtlgoauxcucjpv3xoezbc0owpkfvzfwc-yemj41ggr6psigmknajtu9vbe-21hp-0mu3wl40uwsazimnqsdq

De volta

https://i0.wp.com/www.oesquema.com.br/trabalhosujo/wp-content/uploads/2008/11/obamis.jpg

Vi no Trabalho Sujo

MICHEL GONDRY EM SP

https://i1.wp.com/origin.stag.wired.com/images/article/magazine/1601/ff_gondry1_f.jpg

Lúcio Ribeiro reportou em seu blog:

O importante diretor de cinema, vídeos musicais e comerciais Michel Gondry mostra uma nova faceta em São Paulo nesta sexta-feira: a de DJ. O cineasta cool francês desempenha um DJ set em festa promovida por um relativamente novo bar de São Paulo. Não posso falar o nome do local, primeiro porque é segredo. Depois porque não tem. Gondry, diretor de incríveis vídeos de bandas “pequenas” como Chemical Brothers, White Stripes, Bjork, Radiohead e Daft Punk, abre exposição em São Paulo na próxima segunda-feira. O tema da expo é o inédito (passou na Mostra de SP) filme “Rebobine, Por Favor”, estrelado por Jack Black (foto acima) e Mos Def. O propósito do evento, tal qual no filme, é dar ao visitante (ou espectador) recursos para ele fazer um filme caseiro. Sim, “Rebobine, Por Favor”, o filme, é tão “diferente” (= “bem doido”) quanto os trabalhos anteriores de Gondry: “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças” e “Ciência do Sono”. A exposição acontecerá no Museu da Imagem e do Som em São Paulo (Jdim Europa), até 11 de janeiro.


Para aqueles que não entenderam nada ai vai um resumo do filme e da exposição.
Em “Be Kind Rewind”, novo filme de Michel Gondry, Jack Black e Mos Def são funcionários de uma pequena locadora de vídeo que, depois de apagarem acidentalmente o conteúdo das fitas VHS da loja, resolvem reencenar e protagonizar os filmes.

“Robocop”, “Conduzindo Miss Daisy”, “O Rei Leão”, “A Hora do Rush 2″, “Os Caça-Fantasmas”, entre outros, são todos refilmados pelos dois, utilizando latas, canos, cartolinas, um quintal cheio de lixo e uma câmera velha do dono da locadora.

Para convencer os fiéis clientes da loja a continuarem alugando os filmes, eles chamam suas recriações de “Sweded”, “Sweded movies”, algo como um verbo para Suécia (Sweden). “É um país distante e muito caro”, explica Jack Black para um dos clientes.

Assim como os outros filmes de Gondry, “Be Kind Rewind” não tem nada de convencional. E por isso, o marketing do filme segue o mesmo caminho.

A idéia por trás do site do longa, www.bekindmovie.com, é mostrar que a Internet foi deletada acidentalmente, e assim os visitantes terão que “swedar” a web. Só que além da internet, a New Line vai trazer junto com Gondry esse conceito para o mundo offline.

A exposição permiti as pessoas reencenar os filmes que quiserem. Será uma espécie de estúdio de “Sweding”: as pessoas participam de um workshop com Gondry, filmam e editam enquanto filmam (o que significa parar a filmagem e ir para a próxima cena, sem edição posterior). Cada filme deverá ter entre 5 a 10 minutos.

Gondry explica: “Em duas horas, você entra na loja, cria uma história, filma e assiste seu filme. Então você deixa uma cópia na loja, para quem quiser alugar, e leva outra com você.”

Mas além do marketing, a intenção de Gondry com isso é criar uma espécie de galeria de filmes feitos pelas pessoas, que ficarão expostos e disponíveis para quem quiser alugar.

Me recordo de ter visto o programa, da Ex-VJ da MTV Didi Wagner no Multishow, “Lugar Incomum”. onde foi só sobre essa exposição. Pareceu algo bem divertido e interessante, para quem curtiu o filme,  não pode perder essa oportunidade de fazer o seu próprio Sweed Movie.
P.S.: Michel Gondry como DJ é um grande cineasta.

Tem que se amar o mundo das artes!

Uma “artista” Wojiech Kosma, que é conhecida por criar Intervençoes especulativas astéticas em público e galerias de arte. Ou seja, qualquer merda. Sua última intervenção foi a “blow Job”, onde ela literalmente pagava um “boquete” , “chupeta” , “broche”, “mamada”, “bóbó” (Portugal) ou o termo técnico, felação a um microfone, que então, emite ruídos. Eu ainda perco meu tempo postando isso aqui… Viva Picasso!

Reparem, a platéia esta sempre cheia e interessada nisso. Não fui só eu que perdi meu tempo.

Cachorros e Gatos

https://i2.wp.com/i33.tinypic.com/aww3ye.jpg

Só na boa

https://i2.wp.com/i37.tinypic.com/1z48ppk.jpg

Designers para Barack Obama : Uma seleção de 50 design de posters

Barack Obama Poster by Jason Urban

Barack Obama Poster by Frank Chimero

Barack Obama Poster by Larkin Werner

End this warshington - Barack Obama Poster by Brett Traylor

Barack Obama Poster by John Klotnia

Barack Obama Poster by Megan Forb

The Reason - Barack Obama Poster by Melissa Jun

Health Coverage - Barack Obama Poster by Luba Lukova

Democratic - Barack Obama Poster by Andrio Abero

Democratic - Barack Obama Poster by Chaz Maviyane-Davies

McSame - Barack Obama Poster by Andrew Lewis

Barack Obama Poster by Shel Starkman

Barack Obama Poster by Derek Chatwood

Future - Barack Obama Poster by Air

Oil - Barack Obama Poster by Everybody lies

Students - Barack Obama Poster by Everybody lies

Barack Obama Poster by Bask

Vote - Barack Obama Poster by Strawberry Luna

Barack Obama Art by Poster Offensive

Barack Obama Art by Poster Offensive

Hope - Barack Obama Poster by David Choe

Unite - Barack Obama Poster by Nicholas Rock

New Game - Barack Obama Poster by Jude Buffum

Lego Bricks - Barack Obama in Lego Bricks by Shepard Fairey

Barack Obama Poster by Dmolin

The right way - Barack Obama Poster by Morning Breath Inc.

Vote - Barack Obama Poster by The Match Factory

Yes we can - Barack Obama Poster by The Match Factory

Wrestling - Barack Obama Poster by Kevin

Barack Obama Poster by Snuffhouse

Nails - Barack Obama Art by Michael Murphy

Barack Obama Art by Will Pope

Barack Obama Graffiti by Keep Drafting

Barack Obama Poster by Kaleb

Progress - Barack Obama Poster by Scott Hansen aka ISO 50

Change we can believe in - Barack Obama Poster by Change the tought

Barack Obama by Terry Richardson

Barack Obama Poster by Burlesque Design

Barack Obama Poster by Craftysquid

Barack Obama Poster by The Mac

Possible - Barack Obama Poster by Jonathan Hoeffler

Obama Team - Barack Obama Poster by Go Tell Mama

Barack Obama Poster by Jason Urban

Barack Obama Poster by Xtrapop

Barack Obama Poster by Larry Roibal

Obama Giclee - Barack Obama Poster by Zoltron

Barack Obama Poster by Ron English

Obama - Barack Obama Poster by Tom Bob

De Visual Evason

Vinyl Sleeveface

Capas de discos de vinil são verdadeiras obras de arte. Elas marcaram uma geração. Agora uma não tao nova tendêcia de completar as capas com pessoas de verdade. Acompanhe os 30 melhores exemplos pela internet.

Lost in Translation

Lost in Translation

Frank Sinatra

Frank Sinatra

Michael Jackson Thriller

Michael Jackson Thriller

Fat Joe

Fat Joe

James Taylor Sweet Baby James

James Taylor Sweet Baby James

Yes Tomato

Yes Tomato

Jo Ann Castle

Jo Ann Castle

Bruce Springsteen

Bruce Springsteen

Whitney Houston

Whitney Houston

The Arctic Monkeys

Bonnie Tyler

Bonnie Tyler

Nas

Nas

Spoon

Spoon

The Graduate

The Graduate

The Promise Ring

The Promise Ring

John Travolta

John Travolta

Eydie and Steve

Eydie and Steve

Elvis Presley

Elvis Presley

Bruce Springsteen

Bruce Springsteen

Judas Priest

Judas Priest

Ray Conniff

Ray Conniff

Peter Gabriel

Peter Gabriel

John Hiatt

John Hiatt

Cliff Richard

Cliff Richard

Jay-Z

Jay-Z

The Front Line

The Front Line

Iggy Pop

Iggy Pop

Ted Nugent and Paul McCartney

Ted Nugent and Paul McCartney

Amorica

Amorica

Tiffany

Tiffany

David Bowie

David Bowie

The Tubes

The Tubes

The Carpenters

The Carpenters

Rick Astley

Rick Astley

Lego

Capas de Cd recriadas com Lego

1. The Strokes – Is This It

the-strokes-lego-300x300.jpg

2. Cradle Of Filth – Cruelty and The Beast

cradle_of_filth-cruelty_and_the_beast

Thanks to: http://www.brickshelf.com

3. The Beatles – Abbey Road

abbey-road-beatles.jpg

Thanks to: http://www.flickr.com

4. The Beatles – Hard Days Night

a-hard-days-night.jpg

Thanks to: http://www.flickr.com

5. Velvet Underground – Nico Andy Warhol

andy-warhol-300x300.jpg

aphex_twin-windwlicker-300x300.jpg

6. Aphex Twin – Windowlicker

aphex_twin-windwlicker-300x300.jpg

belle-and-sebastian-300x300.jpg

Thanks to: http://www.brickshelf.com

7. Belle and Sebastian – Push Barman To Open Old Wounds

belle-and-sebastian-300x300.jpg

8. Kaiser Chiefs – Your Truly, Angry Mob

kaiser-chiefs-lego-300x267.jpg

9. The Beatles – Let it Be

lego-let-it-be-300x300.jpg

Thanks to: http://www.flickr.com

10. The Beatles – Revolver

legolver-300x297.jpg

Thanks to: http://www.flickr.com

11. The Beatles – Please Please me

lego-me-do-300x300.jpg

Thanks to: http://www.flickr.com

12. Morrissey – You are the Quarry

morriseey-lego-300x300.jpg

13. Muse – Black holes and Revelations

muse-black_holes_and_revelations-300x300.jpg

Thanks to: http://www.brickshelf.com

14. Nirvana – Nevermind

nirvana-lego.jpg

Thanks to: http://www.geocities.co.jp

15 – The Beatles – Sgt Peppers Lonely Hearts Club Band

sgt-peppers-lego-300x260.jpg

Thanks to: http://www.flickr.com

16. The Beatles – Yellow Submarine

the_beatles-yellow_submarine-300x300.jpg

Thanks to: http://www.brickshelf.com

17. The Offspring – Americana

the_offspring-americana-300x300.jpg

Thanks to: http://www.brickshelf.com

Thanks to: http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi?f=142497

18. Bruce Springsteen – Born In The U.S.A

bruce-sprinsteen-300x264.jpg

Thanks to: http://www.flickr.com/photos/minifig/73566812/in/set-1718298/

19. Pink Floyd – The Division Bell

pink floyd in lego

Thanks to: http://www.brickshelf.com

20. Norah Jones – Not Too Late

norah_jones-not_too_late

30 Videoclips Brilhantes

Sou um fã declarado de Videoclips, vou listar aqui 29 clips que não são os melhores ou meus favoritos, mas são videoclips criados perfeitamente uma determinada música.

Unkle – Rabbit in your Headlights

O que esse cara esta susurrando? quem é esse cara? o que ele faz no túnel? Assista o vídeo até o final que não ficará desapontado.

Jason Forrest – “War Photographer” (2005)

Vikings são ao mesmo tempo legais e estranhos.

Bat for Lashes — What’s A Girl To Do

No 00:38 é  talvez o melhor momento da história dos videoclips. Um obra de arte do ano de 2007.

Nick Cave & Kylie Mingoue — Where The Wild Roses Grow

Um dos clips mais bonitos ja feitos. Palavras não podem descrever.

Rob Dougan — Clubbed To Death

Edição e direção fantásticas. Tão simbólico, tão poderoso

Fujiya & Miyagi – Ankle Injuries

o que falar de um clips que é feito com com mil dados de 6 lados? Exatamente. E a música se encaixa perfeitamente.

Radiohead – “Street Spirit (Fade Out)” (1995)

Esse filme foi filmado usando diferentes frequencias de filme, permitindo que várias ações se desenrolarem em diferentes níveis no mesmo quadro.

Sia – “Breathe Me”

Umas mil polaroides…

Citizens Here and Abroad – You Drive and We’ll Listen To Music

Carros batendo e guitarras. Edição perfeita.

Moby – Porcelaine

Uma música tão bonita. É um daqueles vídeos que quando vistos pela primeira vez você nunca se esquece.

The Strokes – You Only Live Once

Com várias maneira de fazer alguma coisa, porque não tentar todas?

Arctic Monkeys – A view from the afternoon

Tão simples mas muito efetivo.

“Glosoli” – Sigur Ros

Uma história um pequeno baterista que vive em uma terra sem utopias e lidera uma revolução para a liberdade.. Não perca a última cena.

The Avalanches – “Frontier Psychiatrist”

As vezes o conceito mais óbvio para um vídeo acaba virando tambem o melhor. O coro de fantasmas é o melhor.

Royksopp – Remind Me

O dia-dia de de um joão qualquer analisado a cada segundo.

Blur – “Coffee & TV”

A história da caixinha de leite é engraçada e um pouco cruel.

Boards of Canada: “Dayvan Cowboy”

Feito com imagens do paraquedista que voou de balão até o topo do mundo e pulou. Lindas imagens.

Move Your Feet – Junior Senior

Todo feito em pixel.

Xploding Plastix – Joy Comes In The Morning

Uma video sobre o mundo em que vivemos e o qual queriamos viver.

Unkle – Eye For Eye

Até ganhou prêmio..

Vitalic – Poney

Cachorros + lasers + Camera lenta = Genialidade

OK Go – Here It Comes Again

Esse todo mundo conhece…

Justice “D.A.N.C.E.”

As vezes até camisetas falam…

Forss – “City Ports”

A visualização se encaixa perfeitamente a música.

Radiohead – Just

O que o homem na rua disse?

Prodigy – Out Of Space

Provavelmente o clips mais estranho já criado.

The Verve – Bitter Sweet Symphony

Todo mundo ja viu. E todo mundo veria de novo.

RJD2 – Work It Out

Feito em um ‘shot’ só.

Chemical Brothers – Star Guitar

O que falar da criatividade de Michel Gondry.

Daft Punk – One More Time

O video animação mais colorida de todos os tempos.

Intro

A revista Vanity Fair vai eleger os melhores 25 de tudo. Uma delas é  a votação para as melhores sequências de Créditos iniciais de filmes. Coloco aqui a minha seleção da lista.

Juno

Obrigado Por Fumar

Austin Power 2

Monty Python e o Cálice Sagrado

Se7ven

As que faltaram na lista:

Sr. da Guerra

Mais estranho que Ficção – Muito pela Música de Spoon

Cães de Aluguel

Não sao de Filmes mais são sensacionais

Mad Men

The Sopranos

A Sete Palmos

Dexter

Chuck

Cowboy Bebop

Californication

Inglorious Bastards

Saiu o poster do novo filme de Quentin Tarantino

https://i0.wp.com/pauloterron.ig.com.br/wp-content/uploads/2008/10/ingloriousbastardsposter.jpg

Toy Art

Criado pela Medicom, o Toy art do Daft Punk

Teaser

Esse é o Teaser Poster da nova animação da Pixar chamada de Up. Não remete a nada similar? … E ainda mais, a previsão de lançamento do Filme é 29 de maior de 2009. Muito Suspeito…

Para Colocar na Agenda:

Tue: 10-07-08

Festival Multiplicidade no Rio de Janeiro Traz D-Fuse e Peter Greenaway
O festival Multiplicidade_Imagem_Som_Inusitados comemora quatro anos e faz uma série de espetáculos especiais no teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro, e desta vez traz ao Brasil o cultuado coletivo inglês D-Fuse e o cineasta Peter Greenaway. Os espetáculo acontecem do dia 14 de outubro até 16 de dezembro.No dia 14 de outubro, os ingleses do D-Fuse, um dos criadores da cultura VJ no mundo, se apresentarão por aqui . O grupo é responsável pela “bíblia” sobre o assunto: “VJ: Audio-Visual Art and VJ Culture”. No dia 18 de novembro sobe ao palco o cineasta e multiartista inglês Peter Greenaway, apresentando a performance-cinema apresentada em São Paulo no ano passado. Encerrando, o coletivo carioca de artistas plásticos Chelpa Ferro aproveita a ocasião para comemorar 13 anos de existência e faz dia 16 de dezembro apresentação inédita com uma orquestra regida por Jaques Morelenbaum, maestro de Caetano Veloso. Os preços  das apresentações serão os mesmos do festival do ano passado: R$ 15,00 e meia-entrada a R$ 7,50.

Ao longo de 2005, 2006, 2007 e 2008, o Multiplicidade apresentou no Oi Futuro atrações expressivas e novas linguagens audiovisuais. Foram mais de 50 apresentações reunindo artistas como Fausto Fawcett & Os Robôs Efêmeros, Chelpa Ferro, Raul Mourão, Muti Randolph, Walter Alfaiate, SuperUber, Kassin, Siri, 6D Estúdio, Hurtmold, os DJs fundadores do site rraurl.com Camilo Rocha e Gil Barbara, Cabruêra, Apavoramento Sound System, Lucas Santtana, Binário, VJ Embolex, DJ Sany Pitbull, Chico Corrêa, Gabriela Maciel, Cadu, Belisário Franca, entre outros, além dos convidados especiais Arnaldo Antunes,Tom Zé, João Donato e Uakti e os artistas internacionais Carlos Casas, Sebastian Escofet, Diplo, Daedelus e Prins Nitram.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

dia 14 de outubro de 2008 . Terça-feira, 21 horas . D-Fuse apresenta Latitude

Após percorrer o mundo, passando pelos maiores festivais do planeta, o coletivo multidisciplinar inglês D-Fuse chega pela primeira vez ao Brasil. Fundado nos anos 90 por Michael Faukner, o trabalho abrange diferentes mídias: design, arquitetura, instalação, fotografia e vídeo.

Baseado num período de investigação de 3 meses, o espetáculo Latitude [31º 10N/121º28E], concebido em parceria com artistas chineses, combina fragmentos de diálogos, espaços desertos e arquitetônicos tradicionais com paisagens urbanas da China, traçando uma multiplicidade de percursos de identidade na China cosmopolita. No Multiplicidade, os membros do coletivo Toby Harris e Douglas Benford apresentarão Latitude [31º 10N/121º28E] ao vivo, remixando as imagens gravadas na China e editando cenas junto com batidas e ambiências sonoras disparadas no momento.

Peter Greenaway´. “Tulse Luper VJ Performance” . dia 18 de novembro
Greenaway tornou-se conhecido mundialmente pelos filmes que realizou em suporte e formato mais ou menos tradicionais entre as décadas de 80 e 90, como “O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante” e “O Livro de Cabeceira”. Hoje, Peter Greenaway aposta num novo cinema, que interage com o uso inventivo das novas tecnologias. Greenaway investiga a convergência destas novas mídias digitais em busca de novas linguagens. Segundo ele, o cinema como nós o conhecemos está morto. Na performance Tulse Luper Suitcases, que Greenaway já apresentou em São Paulo no ano passado, o artista cria uma modalidade imersiva e eletrônica de cinema. O artista conta, à maneira de um game, a vida de Tulse Luper, escritor e projetista que nasceu em 1911, em Newport, South Wales, e desapareceu em 1989, depois de passar anos entre prisões. Greenaway utiliza uma interface de alta definição de 50 polegadas ‘’touch screen’’ para reelaborar os filmes e histórias que envolvem o personagem, suas malas e objetos pitorescos.

Chelpa Ferro e Orquestra de Jaques Morelenbaum . dia 16 de dezembro

O coletivo carioca Chelpa Ferro fecha a programação do Multiplicidade em 2008 com um espetáculo inédito junto a uma orquestra regida especialmente por Jacques Morelembaum. O grupo transita entre a música e a arte visual tecnológica sempre com muita experimentação e tem um extenso currículo ligado tanto a performances como ao circuito de artes plásticas, nacional e internacional.

Box Art

A coleção Criterion lança seus, DVDs com as capas recriadas por um estúdio de Design. Ai vai as 50 melhores:

Days Of Heaven

The Ice Storm

Le Samourai

Bottle Rocket

Vampyr

Two-Lane Blacktop

Trafic

Yi Yi

Naked Lunch

Yojimbo

F For Fake

Onibaba

Hoop Dreams

The Man Who Fell To Earth

Heaven Can Wait

Scenes From A Marriage

Fires On The Plain

Umberto D

The Atomic Submarine

The Face Of Another

The Leopard

Koko

Ivan’s Childhood

If…

La Commare Secca

The Third Man

The Double Life Of Veronique

Grey Gardens

Kicking And Screaming

Fear And Loathing In Las Vegas

Missing

Robinson Crusoe On Mars

Port Of Shadows

Fanny & Alexander

Metropolitan

Eyes Without A Face

Night And Fog

Brand Upon The Brain

The Honeymoon Killers

Bicycle Thieves

Ashes + Diamonds

Pierrot Le Fou

Secret Honor

The Bad Sleep Well

Jigoku

The Furies

Army Of Shadows

House Of Games

Amarcord

Dancing Shoes

O fotógrafo alemão Gerrit Starczewski estava meio cansando de tirar fotos de shows como todos, então resolveu mudar o angulo de sua visão e começou a apontar suas lentes para os pés dos artistas. A idéia veio depois de ter sem querer fotografado o pé de Michael Stripe, do REM. Hoje a sua exposição Dancing Shoes, conta com mais de 130 pés musicais. Alguns deles:


REM


Flaming Lips


Art Brut


The Hives


Franz Ferdinand

Cover Art

Direto da Gallery 1988 de Los Angeles, uma exposição onde 50 artistas reinventam suas capas preferidas.

Fotografia Minimalista

 

Michael Kenna impressiona com suas fotos com uso extremo no branco, onde o preto é quase um detalhe. Tornando-as fotos que parecem ter sido tiradas em sonhos calmos e não nessa realidade tão agitada.

https://i2.wp.com/duckhenge.uoregon.edu/io/images/cache/750-http___duckhenge.uoregon.edu_io_images_story_Torii,Takaishima,Honshu,Ja.jpg-orig.jpg

Nesta entrevista, Kenna fala um pouco sobre seu perfil e suas técnicas de fotografia.

Uma pequena História de amor em Stop Motion

Fantástico

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑